Acessibilidade

A + A A -
Quarta-feira, 10 14:27

Secretária da Sepom em reunião com vice-prefeita

Sepom Foto: Thales Ferreira Sepom

A Secretária de Políticas para Mulheres (Sepom), Danusa Alhandra, reuniu-se com a vice-prefeita, Paulete Souto, na sexta-feira, 05 de janeiro, para apresentar os números do Centro de Referência para Atendimento às Mulheres em Situação de Violência – Centro Jacobina de 2017, que demonstraram um aumento de procura em relação ao ano anterior. No momento também foi discutido o calendário do Mês da Mulher, que está sendo organizado desde outubro, junto com a sociedade civil. 

 

Aumento de demanda no Centro Jacobina


O ano de 2017 foi marcado pelo aumento da demanda de atendimento no Centro de Referência. No ano passado, foram recebidos 197 novos casos, totalizando mais de 500 atendimentos. Mensalmente o Centro Jacobina realiza, em média, 45 atendimentos, oriundos do acompanhamento de mulheres em situação de violência.


Dentre os tipos de violência, a de maior incidência foi agressão psicológica, atingindo 41% dos casos, a agressão física ficou em segundo lugar com 26%, a patrimonial e moral tiveram 13%, e a sexual 4%. Dos 197 primeiros atendimentos 32% são de mulheres residentes na região centro/sul/sudeste, 25% na região norte, 17% na nordeste, 17% na leste e 9% na oeste.

 

Os bairros que apresentaram maior número de leopoldenses referenciadas em 2017 foram Feitoria com 31 casos, Santos Dumont com 23 e Arroio da Manteiga com 21. O Centro Jacobina é localizado na rua Brasil, 784, bairro centro, podendo ser acessado, para marcação de atendimento, pessoalmente ou pelo telefone 3592-2184.

 

[Foto: Thales Ferreira – MTb 18.891 |Texto: Eduarda Moraes - estagiária da Sepom | Jornalista Responsável: Aline Marques - MTb: 8929 | Decom/PMSL]

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h