Acessibilidade

A + A A -
Segunda-feira, 14 de Maio de 2018 17:39

Audiência Pública abre Semana de Enfrentamento às Violências Contra Crianças e Adolescentes

A segunda-feira, 14 de maio, iniciou marcada pela a abertura da primeira edição da Semana Municipal de Enfrentamento às Violências Contra Crianças e Adolescentes através da Audiência Pública “Desafios para promoção e a Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente em situação de violências”, na Câmara de Vereadores. A Audiência Pública, coordenada pela vereadora Ana Affonso (PT), além de trazer ao debate o tema, reativou a Frente Parlamentar de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (GTESCCA), que, segundo ela,  faz parte do trabalho enquanto legislativo. “Lembremos que a data é de luta contra essa chaga cultural que infelizmente gera uma exploração e devemos lutar combater e prevenir através de uma política. Pactos e planos municipais fazem com que nós nos comprometamos com a temática”, declarou Ana.
 
Presente no evento, a Deputada Federal, Maria do Rosário, autora da Lei Federal 13.431/17 que garante a escuta protegida às vítimas de violência sexual no país, falou sobre o processo de elaboração de leis que auxiliam as vítimas, como a Lei Joanna Maranhão. A Deputada ainda falou sobre a importância da programação da Semana, além das entidades participantes preocupadas com a temática. “A cidade de São Leopoldo tem uma característica especial, pois a sociedade civil é organizada com o trabalho real e de resistência”, disse Rosário. Além disso, ela explicou sobre os diferentes tipos de violências sexuais contra crianças e adolescentes e como a palavra da criança deve ser respeitada. “Se o presente das nossas crianças e adolescentes não for garantido, não haverá futuro e precisamos acreditar na palavra delas, pois elas não mentem sobre estas questões”, enfatizou a Deuputada.
 
O secretário de Segurança e Defesa Comunitária (Semusp), Carlos Sant’Ana, falou sobre o crescente número de casos que envolvem crianças e adolescentes vítimas de violências. Representante da secretaria promotora da Semana, Sant’Ana destacou as estatísticas sobre o tema e afirmou que é necessária uma mobilização. “Não estamos falando de coisas vagas, os dados do Governo do Estado mostram que 3.063 crianças e adolescentes sofreram violência sexual em 2017. Para este enfrentamento, estamos anunciando medidas efetivas e que serão executadas”, afirmou Sant’Ana sobre as ações da Secretaria para esse enfrentamento.
 
Representando a sociedade civil, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDEDICA), Rejane Bottega parabenizou a Semusp pela iniciativa e garante que as ações constituem um marco para o Município. “É nossa obrigação buscar ferramentas para o enfrentamento a essa violência que destrói vidas, por isso precisamos trabalhar na prevenção”, destacou Rejane. 
 
A Semana é realizada pela Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Comunitária (Semusp), por meio da Diretoria de Políticas de Segurança Cidadã (DPSC) e tem como objetivo conscientizar e sensibilizar a população referente à violência sexual sofrida por crianças e adolescentes. Todas as atividades são gratuitas e abertas à comunidade com o objetivo de sensibilizar a comunidade para a temática da violência sexual contra crianças e adolescentes.
 
[Foto: Thales Ferreira - MTb 18.891 |Andressa Lima - Estagiária Semusp |Supervisão: Rodrigo Machado - Jornalista MTb - 14.433 |Scom/PMSL]
Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h