Acessibilidade

A + A A -
Quarta-feira, 16 11:35

Aberta a campanha de enfrentamento às violências contra crianças e adolescentes

Enfrenta violencia Foto: Thales Ferreira Enfrenta violencia
Na tarde de terça-feira, 15 de maio, Secretaria de Segurança e Defesa Comunitária (Semusp) lançou a campanha de enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes. Esta é uma das ações que integra a programação da Semana de Enfrentamento às Violências Contra Crianças e Adolescentes coordenada pela Semusp, através da Diretoria de Políticas de Segurança Cidadã (DPSC). No evento também foram exibidas os materiais da intervenção urbana, em que manequins cobertos por folhas de jornais simbolizavam a invisibilidade da temática na mídia. 
 

Para falar mais sobre o assunto, a jornalista e mestra em processos de Manifestações Culturais, Marina Mentz, apresentou sua dissertação de mestrado “Quando a pauta é silenciada: um estudo sobre a violência sexual contra crianças no jornalismo online brasileiro”. “A minha fala hoje não vai resolver o problema, mas este momento é um grande movimento para agir de forma séria e real para o enfrentamento. O papel do jornalista é de humanizar e nenhuma reportagem analisada dedicou duas linhas aos canais de denúncia”, explicou Marina.

Presente na atividade, o prefeito Ary Vanazzi, declarou que está é uma luta social e que este é um momento de resistência. “Devemos ver este desmonte enquanto incentivo e não sucumbir nem desistir em frente às estas dificuldades”, declarou Vanazzi. O Secretário da Semusp, Carlos Sant’Ana, falou sobre a importância da Semana de Enfrentamento e que a luta é diária e responsabilidade de todos. “Mais de 3 mil casos envolvendo crianças e adolescentes são identificados por dia no Estado e, destas, 67% foram violentadas mais de uma vez. Os próximos passos, nesta programação, é fazer com que o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) seja efetivado com o compromisso da sociedade, e que os dados falados não se repitam”, enfatizou Sant’Ana. A vereadora Ana Affonso, líder do Governo na Câmara, fez uma reverência à violência intrafamiliar, enfatizando que as crianças e adolescentes são vitimas daqueles que deveriam lhes proteger, e parabenizou Semusp pela iniciativa e medidas adotadas. “Hoje, eu enalteço e reconheço a política trabalha na Semusp em promover uma visão preventiva e humanizada”, disse a vereadora.
 
A Semana é realizada pela Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Comunitária (Semusp), por meio da Diretoria de Políticas de Segurança Cidadã (DPSC) e tem como objetivo conscientizar e sensibilizar a população referente à violência sexual sofrida por crianças e adolescentes. Todas as atividades são gratuitas e abertas à comunidade com o objetivo de sensibilizar a comunidade para a temática da violência sexual contra crianças e adolescentes.
[Foto: Thales Ferreira - MTb 18.891 |Andressa Lima - Estagiária Semusp |Supervisão: Rodrigo Machado - Jornalista MTb - 14.433 |Scom/PMSL]
 

 

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h