Acessibilidade

A + A A -
Terça-feira, 06 17:18

Semmam apresenta projetos do Programa de Cooperação com a União Europeia

Durante atividade da Programação da IX Jornada Roessler, na terça-feira, 6 de novembro, o secretário municipal de Meio Ambiente, Darci Zanini apresentou os cinco projetos socioambientais do município em cooperação com a União Europeia. O ato ocorreu no Museu do Rio, onde foram detalhadas as ações do acordo de cooperação técnica firmado entre São Leopoldo e Viana do Castelo dentro do Programa de Cooperação Urbana Internacional da União Europeia - América Latina e Caribe (IUC LAC).

O prefeito Ary Vanazzi destacou que existem perspectivas muito favoráveis para a obtenção de financiamento pela União Europeia. “Estabelecemos um trabalho de transversalidade entre as secretarias que chamaram atenção dos órgãos de estrangeiros de financiamento. Como não há verbas do Governo Federal nossa salvação é procurar governos progressistas como os da União Europeia para concretizar projetos de preservação ambiental”, afirmou o prefeito.

O secretário Zanini lembrou que os objetivos de desenvolvimento sustentável de Cooperação Internacional Urbana são guiados pela agenda 2030. “Por isso, São Leopoldo, na inscrição, apresentou projetos de Gestão de Recursos Hídricos e Gestão de Resíduos Sólidos. Por exemplo, a instalação do Centro Integrado Socioambiental no Museu do Rio dos Sinos pretende assegurar o objetivo estratégico de São Leopoldo se reencontrar com seu rio, através do qual serão desenvolvidos várias ações como Educação Ambiental, Monitoramento do Rio, Controle do Nível do Rio (parceria com a CPRM), instalação do acervo técnico e histórico dos diques, bem como o próprio Museu do Rio do Sinos e a Casa Roessler”, destacou.

Já o secretário de Cultura e Relações Internacionais, Pedro Vasconcellos, classificou a missão na Europa como muito positiva. “A nossa expectativa é muito otimista. Nos dá muito orgulho termos sido selecionados entre os cinco municípios, dos 300 inscritos, pela União Europeia (UE). Isso demonstra que a UE vê em São Leopoldo um grande potencial de desenvolvimento pelas ações e políticas de proteção ao meio ambiente. Também temos a possibilidade de abertura de intercâmbio cultural entre nós e Portugal”, apontou o secretário.

Os projetos contemplam recursos hídricos, gestão de resíduos sólidos, proteção de áreas verdes urbanas e eficiência energética. Concretamente, as propostas incluem a implantação do Centro Integrado Socioambiental na Casa Roessler, a elaboração conjunta do Plano de Energia das duas cidades, o estudo de viabilidade técnica para implantação de unidade de compostagem de resíduos sólidos e instalação de placas fotovoltaicas nos equipamentos da Prefeitura e do Semae.

Também participaram da atividade a vice-prefeita, Paulete Souto; o secretário de Segurança Pública e Defesa Comunitária, Carlos Sant’Ana; representantes de Associações de Moradores; de órgãos de defesa ambiental e estudantes que integram o Projeto Canoagem na Escola.


Projetos do Plano de Ação apresentados em Portugal


1 - Áreas verdes- Implementar em São Leopoldo o Centro Municipal Socioambiental

Objetivo: planejar e executar políticas ambientais no município, para melhorar a realidade social e ambiental com vistas à alteração do comportamento da população.


2 - Resíduos- Cidadãos "inteligentes"

Objetivo: Promoção da cidadania ambiental. Compras inteligentes e prevenção da produção de resíduos. Preparação para a reutilização e reciclagem.


3 - Água- Indicadores de qualidade do serviço de gestão de resíduos urbanos.

Objetivo: Estabelecimento de indicadores de desempenho e de qualidade de serviço comuns: Interface com o utilizador (Acessibilidade do serviço aos utilizadores, qualidade do serviço prestado aos utilizadores); Sustentabilidade da gestão de serviço (econômica, infraestrutural); Sustentabilidade Ambiental (eficiência na utilização de recursos ambientais e prevenção da poluição.


4 - Eficiência energética- Modelação do processo produtivo operacional da gestão de resíduos.

Objetivo: Sistema de gestão da qualidade (SGQ). Implementação da norma da International Standardization Organization 9001:2015 (ISO 9001:2015).


5 - Sinergia de negócios- Fluxo de experiências e partilha de projetos de interesse comum, no setor da regulação e eficiência

Objetivo: Ferramentas para a melhoria do desempenho das entidades gestoras de abastecimento de água e saneamento SEMAE/ S. Leopoldo e SMSBVC/ Viana do Castelo.


[Foto: Thales Ferreira - MTb 18.891 |Jornalista: Rodrigo Machado - MTb 14.433 |Scom/PMSL]

 

 

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h