Acessibilidade

A + A A -
Quarta-feira, 07 18:30

Vanazzi e Ary Moura acompanham a limpeza do Arroio João Corrêa

 

O prefeito Ary Vanazzi, junto com o vice-prefeito Ary Moura, que também é diretor-geral do Semae, realizou visita ao Arroio João Corrêa, na terça-feira (6), para acompanhamento do desassoreamento e limpeza do canal. O trabalho realizado pelo Semae faz parte do projeto de macrodrenagem, que contempla a limpeza de arroios e valas do município de São Leopoldo. O projeto, orçado em cerca de R$ 3 milhões, é uma realização da Prefeitura Municipal, com o apoio técnico da autarquia e da Secretaria de Obras e Viação (Semov).

 

De acordo com Ary Moura, a iniciativa tem o objetivo de mitigar os alagamentos na cidade, com o advento das cheias de inverno. “É uma antecipação ao inverno, que é um período com maior probabilidade de cheias. Estamos preparando o município, estruturalmente, para evitar ao máximo as ocorrências de alagamentos, conforme está previsto no nosso plano de governo, para que a população não fique em situação de vulnerabilidade com as chuvas”, afirma.

 

Já o prefeito, Ary Vanazzi, revela uma preocupação contínua com a possibilidade de alagamentos nas ruas do município e destaca que a solução está, justamente, na prevenção. “O que nós estamos fazendo aqui na João Corrêa (canal), na verdade, faz parte de um projeto de drenagem urbana, como ocorreu em 2017, para evitar os alagamentos no município, pelos próximos três, quatro anos. Em 2015/16, a João Corrêa transbordava, deixando cinco mil famílias embaixo d’água. Por essa razão, nós estamos investindo pesado na manutenção da drenagem urbana”, destaca.

 

Dentro do projeto estão previstas 20 intervenções, sendo que nove foram definidas como prioritárias. O vice-prefeito e diretor-geral do Semae, Ary Moura, alerta também para uma preocupação ocasionada pelo comportamento de alguns cidadãos. “O lixo descartado próximo aos arroios e às valas represam o fluxo da água e são os grandes vilões das cheias. Outro dia, aqui mesmo na João Corrêa, a retroescavadeira retirou uma porta de um veículo de dentro do arroio. Essas situações são inaceitáveis. É preciso que as pessoas tenham consciência do impacto ambiental ocasionado por este tipo de comportamento.”

 

[Foto: Digue Cardoso/Semae | Texto: Francisco Junior. Jornalista Mtb 19.102 | Semae]

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h