Acessibilidade

A + A A -
Terça-feira, 03 14:30

Prefeito Vanazzi sinaliza doação de área para comunidade Kaingangs da Aldeia Por Fi Gã

Foto: Valentin Thomaz

Lideranças e representantes da Aldeia Indígena Kaingang Por Fi Gã reuniram-se com o prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, nessa terça-feira, 3, para reivindicar a doação de uma área de terras do Município lindeira a aldeia, buscando garantir a posse e segurança de seu território. “Não queremos terras para acumular bens, queremos para nossas crianças, para que os nossos Kofas (idosos) tenham um futuro com dignidade”, disse a representante das mulheres indígenas, Sueli Uenkre Tomás. De acordo com a técnica de enfermagem da aldeia, a falta de território é responsável pelo aumento dos índices de suicídio entre os indígenas devido à falta de possibilidade de ter uma vida digna.

Vanazzi sinalizou positivamente que vai encaminhar a doação para fins de preservação pelos índios e reforçou o compromisso do governo com a comunidade indígena ao lembrar quando a administração municipal desapropriou as terras, onde hoje está localizada a aldeia, sendo reconhecida pela Funai. “Vamos tomar medidas do ponto de vista jurídico para resolver como doar as terras para a comunidade, ressaltando o compromisso de preservação da área por parte dos indígenas”, ressaltou o prefeito.

O local é de propriedade do Município destinado pela execução de um loteamento próximo, considerado Área de Preservação Permanente, sendo vetada a construção de moradias. “A prefeitura vai intensificar a fiscalização na área visando coibir a venda ilegal de terrenos em áreas de preservação permanente”, completou.

Também acompanharam a reunião os secretários Nelson Spolaor (Habitação), Lucimar Pedroso (Direitos Humanos), chefe do departamento de Igualdade Racial, Nadir Maria de Jesus e o funcionário da Funai, Maurício Sanches.


 

[Texto: Jornalista Monique Marcolin Mtb 12741 Fotos: Jornalista Valentin Thomaz Mtb 19048]

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h