Acessibilidade

A + A A -
Quinta-feira, 10 16:15

Prefeitura faz vistoria na bacia de contenção do arroio Gauchinho

 

Na quarta-feira, 9 de junho, a Prefeitura de São Leopoldo realizou uma vistoria na bacia de contenção do arroio Gauchinho, na vila Brás, bairro Santos Dumont. O trabalho foi coordenado pelo vice-prefeito e diretor-geral do Serviço Municipal de Água e Esgotos (Semae), Ary Moura, e o titular da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Semov), Geraldo Passos. O objetivo da vistoria foi para definir os últimos detalhes para a limpeza e desassoreamento do local.

 

A partir disso, ocorrerá um processo de retirada de lixo e de sedimentos existentes na bacia. A ação é uma forma de aumentar a capacidade de acúmulo de água no local em caso de chuvas expressivas e prevenir alagamentos na região Noroeste de São Leopoldo, especialmente a Vila Brás.

 

De acordo com o vice-prefeito Ary Moura existe um excesso de sedimento no local, formando uma pequena ilha dentro da bacia. “A bacia de contenção na verdade é para ser um grande lago. Vamos trabalhar no desassoreamento e retirada de lixo, pois sabemos que em uma eventual cheia a água pode atingir a vila Brás”, alertou.

 

O secretário da Semov, Geraldo Passos, lembrou que a para o ano de 2021 o plano de ação de macrodrenagem prevê um investimento de aproximadamente R$ 3 milhões para evitar alagamentos na cidade. “Foi uma das marcas da terceira gestão do prefeito Ary Vanazzi as ações para minimizar os alagamentos que castigavam a cidade. Entre 2015 e 2016, qualquer chuva deixava a cidade alagada pela falta de serviços desse porte. Trabalhamos muito para melhorar o sistema de drenagem. São ações planejadas e focadas na prevenção”, afirmou.

 

Junto à bacia de contenção do arroio Gauchinho, está localizada a casa de bombas que consiste em um sistema que, em caso de cheia do Sinos, evita que a água do rio volte para o arroio, ao mesmo tempo que bombeia a água dando mais vazão ao córrego. O equipamento faz parte do Sistemas de Contenção de Cheias do Rio dos Sinos é administrada pela prefeitura de Novo Hamburgo, portanto há um esforço conjunto do governo de São Leopoldo na adequação do nível da bacia, haja vista que a elevação das condições pluviométricas na região causa impactos nos dois municípios.

 

Também acompanharam a vistoria os técnicos do Semae, da Semov e da Defesa Civil.

 

[Fotos: Digue Cardoso/Semae | Texto: Jornalista Rodrigo Machado - MTb 14.433  |Scom/PMSL |Colaborou: Chico Júnior | Semae]

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h