Acessibilidade

A + A A -
Terça-feira, 29 de Dezembro de 2020 15:30

Prefeito Vanazzi participa de reunião com prefeitos eleitos da região metropolitana

 

Em reunião realizada por videoconferência nesta segunda-feira, dia 28 de dezembro, os prefeitos eleitos da região metropolitana de Porto Alegrem foram discutidas formas conjuntas de enfrentamento à pandemia. Os municípios são interligados e há grande circulação de moradores entre eles, principalmente no transporte urbano. O prefeito Ary Vanazzi, de São Leopoldo, participou da reunião.

 

O plano dos municípios é ampliar a testagem para a covid-19. Vanazzi  ressaltou que em São Leopoldo, cerca de 16% da população já foi testada.

 

Também foi proposto um plano de unificação dos decretos municipais em relação ao combate à pandemia. “Nós precisamos ter uma sintonia maior com os nossos decretos regionais aqui, para que não haja divergências de postura de um município para outro, pois isso deixa as pessoas confusas”, pontuou o prefeito.

 

Na reunião também foram defendidas iniciativas para garantir o quanto antes a vacina para a população. A ideia é agendar reunião com o ministro da Saúde,  Eduardo Pazuello, para que os municípios tenham alguma orientação de como proceder, de quando a vacina deverá ser disponibilizada. Segundo Vanazzi, também deve ser agendada uma reunião com o governador do Estado,  Eduardo Leite, para a próxima semana, solicitando que os protocolos de distanciamento e enfrentamento do novo coronavírus levem em consideração as características e os dados de cada região.

 

Vanazzi pontuou também o sistema de bandeiras para mapeamento da pandemia, que tem variado constantemente sem causar nenhuma mudança na condução do sistema de saúde no estado. “As nossas UTIs estão lotadas a mais de 15 dias e há pessoas precisando de leitos ainda”, afirma.

 

“Não podemos tomar iniciativas isoladas,  precisamos enfrentar juntos este problema que vem se agravando com esta segunda onda de contaminação. Foi uma conversa produtiva e esperamos que logo possamos ter respostas positivas tanto do governo federal quanto do estadual”, conclui o prefeito leopoldense. No entanto ele reitera que caso não haja ação a com a brevidade que o momento exige, serão propostas soluções a nível municipal.

 

[Fotos: Divulgação |Texto: Lucas Kominkiewicz |Supervisão: José Luís Zasso. Mtb 17341| Scom/PMSL]

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h