Acessibilidade

A + A A -
Sabado, 29 de Agosto de 2020 15:10

São Leopoldo encaminha propostas de recuperação econômica em decorrência da Covid-19 ao Governador Eduardo Leite


A Prefeitura de São Leopoldo, buscando alternativas de enfrentamento da crise econômica que atinge o setor empresarial, especialmente os menores, considerando as medidas de distanciamento social e os decretos de calamidade, que por medidas de cuidado e precaução precisaram ser implementadas com o avanço da pandemia da covid-19, tem proposto ao Governo do Estado a criação de um fundo de microcrédito através do Banrisul para recuperação pós-pandemia.

Neste sábado, 29 de agosto, o prefeito Ary Vanazzi entregou pessoalmente ao governador Eduardo Leite a proposta de criação do mecanismo de apoio econômico, especialmente aos setores mais atingidos pela pandemia do novo coronavírus. A entrega foi realizada durante a reunião de prefeitos da região do Vale dos Sinos em Novo Hamburgo, que debateu a proposta de reforma tributária em análise na Assembleia Legislativa.


“Precisamos pensar em recuperação especialmente para os micro, pequenos e médios empresários, que sofrem e continuarão sofrendo perdas por causa da pandemia da covid-19”, disse o prefeito ao governador. Eduardo Leite recebeu a proposta e adiantou que já existe estudo neste sentido junto ao Banrisul.

Entre as medidas propostas por São Leopoldo estão:

-Criação de fundo de aval em conjunto com o Banrisul para suportar as operações de crédito dos Microempreendedores Individuais, Pequenas e Médias Empresas e Profissionais Autônomos do município, que por força das restrições exigidas para conter o vírus Covid-19, se encontram impossibilitados de desempenharam total ou parcialmente suas atividades, como transporte escolar, bares, restaurantes, academias e comércios em geral.

-Sugere que as operações de créditos garantidas pelo Fundo de Aval tenham 12 meses de carência e até 24 meses para pagar, que os encargos seja somente a correção pela SELIC e com os seguintes limites de crédito, por CPF ou CNPJ conforme o caso:
 

-Construção em parceria com os municípios de um plano emergencial de auxílio aos seguintes setores: transportadores escolares; escolas de educação infantil; escolas de cursos livres; autônomos, empresários e empregados da cadeia produtiva de eventos; empreendimentos do ramo das atividades esportivas; empreendimentos de turismo e gastronomia;


-Criação de um programa estadual emergencial com contrapartida dos municípios para a manutenção de emprego e renda nesses setores, com a retomada do programa estadual de microcrédito com rebate de 50 % da taxa de juros pelo estado e 30 % pelos municípios e auxílio emergencial estadual as categorias vetadas pelo governo Federal, quando da sanção da Lei 13.982/2020.

 

[Foto: Assessoria AMVARS | Texto: Jornalistas Cláudia Corrêa - Mtb 8355 e Valentin Thomaz - Mtb 19048 | Superintendência de Comunicação da Prefeitura de São Leopoldo]

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h