Acessibilidade

A + A A -
Sexta-feira, 08 15:25

Prefeitura conclui segunda fase do programa Selo Estabelecimento Seguro


A Prefeitura de São Leopoldo, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico (Sedettec), concluiu, no fim de dezembro, a segunda fase do programa Selo Estabelecimento Seguro. Nove estabelecimentos receberam a identificação que garante que eles estão seguindo protocolos de segurança contra a covid-19. O programa é uma iniciativa da Prefeitura, em parceria com o Sebrae-RS, a Unisinos e o Polo Gastronômico de São Leopoldo, e visa diminuir os impactos da pandemia nos estabelecimentos locais.

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Turístico e Tecnológico, Juliano Maciel, pontua que esta é uma forma de firmar um compromisso entre os estabelecimentos e o poder público. “A implementação do Selo nos estabelecimentos passa a trazer algumas garantias tanto para o consumidor quanto para o poder público municipal. Isto porque ele dá segurança ao usuário ao utilizar aquele serviço, por saber que naquele local estão sendo cumpridos os protocolos sanitários, e também propicia garantias para o governo municipal no sentido de flexibilizar ainda mais o atendimento nesses segmentos. É uma forma de assegurar que aquela gama de empresas está realmente cumprindo aquilo que o município vem estabelecendo em termos de protocolo”, comenta.

Entre as vantagens em aderir ao programa está o acréscimo de 1h no horário permitido para o funcionamento de estabelecimentos não essenciais, de acordo com o toque de recolher estipulado em decreto.

Nesta fase, foram contemplados estabelecimentos do setor gastronômico e casas de eventos. Mário Rosito, da Sedettec, explica que apesar de a fase abranger as casas de festas, estas ainda não receberam o selo, pois há itens que são verificados durante o funcionamento do estabelecimento, o que ainda não aconteceu. “Há exigências sanitárias que são verificados apenas com a casa operando”, explica. Entre os inscritos, outros dois restaurantes apresentaram pendências e serão contemplados após a adequação.

 

Rosito reforçou que o Selo é um programa interessante mas que o sucesso depende de dois fatores “O sucesso do programa está condicionado a como o empresário vai trabalhar isto dando marketing para o seu negócio e também do próprio consumidor em entender a importância de prestigiar estabelecimentos que se preocupam com essa questão da disseminação da covid-19”, salienta.


Confira os restaurantes que receberam o selo nesta segunda fase:

121 Burger e Pizza
Cantina Valduga
Cads Club
Funny Feelings
Liv Pub
Pessin Padre Reus
Shori Sushi
Qi Temaki
Pankekas


Inscrições para terceira fase já estão abertas:
As inscrições para a terceira fase do programa Selo Estabelecimento Seguro já estão abertas. Nesta fase, o certificado foi ampliado para outros dois setores econômicos: academias, centros de treinamento e escolas infantis. Para se inscrever é só acessar: https://forms.gle/RJWhPz3d9M64rbSA9 .

Empresas portadoras de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (Cnaes) ligada ao setor de turismo devem estar cadastradas no Sistema Nacional de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), além de fazer parte do Polo Gastronômico, para aderir ao programa. Estabelecimentos de alimentação que ainda não estão inseridos no Polo e têm interesse em fazer parte do programa, podem entrar em contato através do telefone (51) 9.8125-3485.

[Foto: Sedettec |Texto: Patrícia Wisnieski |Estagiária da Sepom |Jornalista responsável: José Luís Zasso - MTb: 17.341 |Scom/PMSL]

Editorias
Prefeitura Municipal de São Leopoldo
Av. Dom João Becker, 754. Centro. CEP: 93010-010. Fone: (51) 2200-0201
Horário de atendimento: 9h às 14h